Diferentes, mas não desiguais.

A diversidade das manifestações culturais se estende não só no tempo, mas também no espaço. Se dirigirmos o olhar para os diferentes continentes, encontraremos costumes que nos parecerão, à luz dos nossos, curiosos ou aberrantes. Do mesmo modo que os povos falam diferentes línguas, eles expressam das formas mais variadas os seus valores culturais. O nascimento de uma criança será festejado de forma variada se estivermos em São Paulo, na Guiné- Bissau ou no norte da Suécia: a um mesmo fato aparente – o nascimento – diferentes culturas atribuem significados distintos que são perceptíveis por meio de suas manifestações. A cultura é instável, é dinâmica.

O desejo individual é representado pela coletividade como decisivo.

ETNOCENTRISMO: etnia como centro. O etnocentrismo pode gerar estereótipos.

ALTERIDADE: reconhecer o outro como sujeito de direito.

 

 

Todo Tipo de Gente (Brasília - 2008) é uma produção independente do INDICA, realizada com a participação de crianças e de jovens em situação de risco, de cegos, de portadores de Sindrome de Down e de cadeirantes. É composta por diversos vídeos, com duração média de 15 minutos, acompanhados de trilha sonora original. Os vídeos abordam os temas raça/etnia, gênero, orientação sexual, regionalismo, religião, deficiências e classe social; e adotam como metodologia técnicas circenses, palhaços, mamulengos, dança, música e teatro. As letras das músicas que acompanham os vídeos são um incentivo à reflexão sobre a diversidade e podem ser utilizadas por educadores em atividades dentro e fora de sala de aula.
www.projetobemmequer.org.br